Raiva

A raiva é uma zoonose causada por vírus, que é transmitida ao homem por animais mamíferos. É uma doença mortal para os animais e seres humanos.

No Brasil, a raiva humana ainda faz vítimas, representando um sério problema de saúde pública.

No Estado de São Paulo, todos os anos, cerca de 50 a 60 mil pessoas são atacadas por animais.

TRANSMISSÃO

A transmissão da raiva acontece quando um animal infectado deposita o vírus existente em sua saliva em ferimentos e mucosas de pessoas, através de mordidas, arranhões ou lambidas.

Para o homem, o principal transmissor da raiva é o cão, vindo a seguir o gato. Atualmente o morcego vem se tornando um importante transmissor, principalmente o morcego  hematófago. Eles atacam preferencialmente os  animais herbívoros, e ocasionalmente o homem, e transmitem  a doença,  mesmo sem apresentar  sinais indicativos, mantendo assim a cadeia de transmissão.

SINAIS INDICATIVOS DA RAIVA ANIMAL

Existem dois tipos de raiva:

1) Raiva furiosa

. Comum nos animais carnívoros, apresentando o seguinte quadro:

. Mudança de comportamento

. Tornam-se agressivos, mordem pessoas e objetos, ou ficam tristes, procurando lugares escuros.

. Ficam de boca aberta, com baba.

. Apresentam dificuldade para engolir (parecendo engasgados) ou mudam o hábito alimentar.

. Apresentam paralisia das patas traseiras, “descadeirados”.

. No caso dos cães, o latido torna-se diferente do normal, parecendo um “uivo rouco”.

2) Raiva paralítica

. Comum nos animais herbívoros, apresentando o seguinte quadro:

. Mudança de hábito e comportamento

. Andar cambaleante e postura anormal, com paralisia das patas traseiras.

. Salivação abundante.

. Dificuldade para engolir e mudança do hábito alimentar.

. Fezes ressecadas e micções freqüentes.

. Aparecimento de agressividade, principalmente em cavalos.

Importante

. Existem doenças com sintomas semelhantes aos sinais acima descritos. Somente um veterinário pode fazer o diagnóstico diferencial.

O QUE FAZER QUANDO AGREDIDO POR ANIMAL

. Lavar imediatamente o ferimento com água e sabão, e procurar com urgência o Serviço de Saúde mais próximo.

. Não matar o animal, e sim, deixá-lo em observação durante 10 dias, recebendo água e alimentação normalmente (mesmo se ele for vacinado), para que se possa identificar qualquer sinal indicativo de raiva.

. O animal deverá ficar em local seguro, para que não possa fugir ou atacar outras pessoas e animais.

. Se o animal adoecer, morrer, desaparecer ou mudar de comportamento, voltar imediatamente ao Serviço de Saúde.

. Nunca interromper o tratamento preventivo sem ordens médicas.

MEDIDAS DE PREVENÇÃO

. Vacinar os animais todos os anos ( a partir dos 4 meses de idade).

. Manter o cão no domicílio, para que ele não tenha contato com animais vadios, que são os principais transmissores da raiva em área urbana.

. Controlar os focos de transmissão de raiva através da vacinação de animais em área onde ocorreu caso de raiva animal.

. Identificar e controlar as colônias de morcegos.

. Usar coleira/guia no cão, ao sair para passeio.

EVITE

. Tocar em animais estranhos, feridos e doentes.

. Perturbar animais quando estiverem comendo, bebendo ou dormindo.

. Separar animais que estejam brigando.

. Entrar em grutas ou furnas, e tocar em qualquer tipo de morcego.

ATENÇÃO

. A vacinação contra a raiva é obrigatória pela lei brasileira e deve ser anual, NÃO existe mês específico para a sua aplicação, o animal pode ser vacinado em qualquer época, desde que acima de 4 meses de idade.

. Além da vacina anti-rábica, outras vacinas são extremamente importantes para a saúde de seu animal e conseqüentemente, para o proprietário. A partir de 2 meses de idade, deve-se iniciar a aplicação da vacina óctupla, em 3 doses, uma por mês, e depois, reforço anual.

  • Em caso de dúvida consulte sempre o seu veterinário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s