Categoria: Tecnologia

Pesquisador indiano coloca vírus em celulares com sistema Symbian

Pesquisador indiano coloca vírus em celulares com sistema Symbian

Aparelhos da Nokia e da Sony Ericsson estão entre os vulneráveis.
Para causar danos, no entanto, invasor precisa de acesso físico ao celular.

Altieres Rohr Especial para o G1

Nokia 5800, um dos aparelhos vulneráveis a ataque.Telefone celular Nokia 5800, um dos aparelhos
vulneráveis a ataque. (Foto: Divulgação)

O pesquisador indiano Atul Alex conseguiu modificar a versão 5 do sistema operacional Symbian S60, usado em celulares como o 5800, X6, 5530XM, da Nokia e nos modelos Satio e Vivaz, da Sony Ericsson. Com as alterações, é possível gerenciar o sistema remotamente, controlando as funções do aparelho, como o recebimento de SMSs ou a câmera.

A capacidade do vírus de se esconder do usuário e dar ao seu criador o controle total do dispositivo fazem com que ele se encaixe na classe dos “rootkits”.

Para instalar o sistema malicioso, um invasor teria que poder estar fisicamente com o celular por alguns minutos, conectá-lo a um computador e fazer a instalação. O sistema malicioso automaticamente avisa o hacker quando o celular está conectado para permitir que ele seja controlado.

Os arquivos maliciosos não podem ser vistos pelo gerenciador de tarefas padrão do Symbian. Programas de terceiros podem vê-lo, mas não podem eliminá-lo. A única maneira, de acordo com Alex, é a reinstalação (reflash) completo do firmware, com a instalação do sistema original de fábrica.

O vírus ainda possui a capacidade de ler a lista de contatos, e-mail e tirar screenshot. Todas as informações podem ser transmitidas por meio da rede sem fio ou por rede de pacote de dados.

Symbian é a plataforma mais usada em celulares e também a mais tem problemas com vírus. É a primeira vez que um invasor demonstra um ataque que compromete o próprio firmware do dispositivo e que necessita de uma reinstalação completa para ser removido. Por outro lado, o vírus também depende de acesso especial ao aparelho.

O ataque é apenas conceitual e não foi visto em uso por criminosos.

Razer lança mouse com 17 botões customizáveis para games

Razer lança mouse com 17 botões customizáveis para games

Aparelho já está disponível nas lojas por R$ 399.
‘Razer Naga’ possui componentes específicos para usar nos MMOs.

Do G1, em São Paulo

Mouse para games Razer NagaMouse possui 17 botões customizáveis.
(Foto: Divulgação)

O mouse para jogos MMOs (massive multiplayer on-line) “Razer Naga” já está disponível nas lojas do Brasil. Projetado para gamers, o aparelho tem 17 botões customizáveis, todos concentrados em um mesmo lugar, facilitando a operação e agilizando a tomada de decisão.

“A grade de botões laterais é um dos diferenciais que fazem o ‘Naga’ ser o preferido dos fãs de MMOs”, diz Vitor Martins, diretor geral da Razer no Brasil.

Além dos 12 botões laterais, o “Naga” traz ainda os dois botões frontais tradicionais, a roda de scroll, que também serve como botão, e 2 botões de navegação rápida na outra lateral. Todos eles são personalizáveis e de alta precisão.

O “Razer Naga” possui componentes específicos para usar nos MMOs, possibilitando organizar as competências e eliminar a poluição visual, disponível para games como World of Warcraft.

Com design anatômico, o “Razer Naga” oferece um bom encaixe na mão, além de três painéis de luzes de LED azul neon que facilitam para os jogos durante a noite.

O mouse já está à venda no Brasil pelo preço sugerido de R$ 399.

Produtor traz novo ‘Mortal Kombat’ para evento de games no Rio

Produtor traz novo ‘Mortal Kombat’ para evento de games no Rio

Hector Sanchez participará de seções de autógrafos e de fotos.
Evento Brasil Game Show ocorre entre os dias 20 e 21 de novembro.

Do G1, em São Paulo

Mortal kombatMortal kombat (Foto: Divulgação)

O produtor do novo game da série “Mortal Kombat”, Hector Sanchez trará ao Brasil o aguardado título de luta durante um evento de games que será realizado entre os dias 20 e 21 de novembro no Rio de Janeiro.

Sanchez, além de apresentar uma demonstração do game no sábado às 14h e no domingo às 18h, participará de seções de autógrafos e de fotos no Brasil Game Show, evento para fãs de games que disponibilizará consoles com jogos para teste, que ocorrerá no Centro de Convenções SulAmérica, na capital Fluminense.

O produtor faz parte do novo estúdio NetherRealm Studios, criado por ex-funcionários da Midway, responsável pela série “Mortal Kombat” e liderado pelo diretor criativo Ed Boon, um dos criadores da franquia. O título tem previsão de lançamento para Xbox 360 e PlayStation 3 no segundo trimestre de 2011.

De acordo com a produtora Warner Bros., o lançamento marca o retorno a um estilo mais maduro de jogo, trazendo lutas mais brutas e sangrentas, focadas para um público mais adulto, e uma reinvenção do seu clássico mecanismo 2D de luta. O visual foi renovado e os Fatalities, meios de se matar os inimigos de forma violenta ao final dos confrontos está de volta com detalhes mais sangrentos.

O novo “Mortal kombat”, que recebe o mesmo título do game lançado em 1992, traz novos modos de jogo como o tag team on-line para quatro jogadores, um novo modo cooperativo, arcade mode para dois jogadores ou um time contra outro on-line.

Além de “Mortar Kombat, a Warner Bros., levará ao evento o game de tiro “F.E.A.R. 3”, que tem data de lançamento para o primeiro trimestre  2011, “Need for Speed: Hot Pursuit”, de corrida, e que será lançado no dia 16 de novembro, além de “Harry Potter e as Relíquias da Morte”, “FIFA 11”, “EA Sports MMA” e “Medal of Honor”.

Empresas de tecnologia gastam bilhões em guerra por patentes

Empresas de tecnologia gastam bilhões em guerra por patentes

Companhias vão aos tribunais reclamar por propriedade de inovação.
Nokia, Apple, Microsoft e Motorola são alguns exemplos.

Laura Brentano Do G1, em São Paulo

Bilhões de dólares estão em jogo para companhias como Apple, Google, RIM (fabricante do BlackBerry), Nokia e Microsoft quando o assunto é processo por patente. Lutas jurídicas sobre propriedade de tecnologia poderiam até mesmo banir a venda do iPhone nos Estados Unidos, em uma disputa que a Nokia chegou a levar à Comissão Internacional de Comércio.

Ricardo Remer, sócio da empresa “Atem & Remer”, que atua na área de propriedade intelectual, explica que, toda área que tem inovação, tem meios de proteção legal.

“Empresas, como Apple e Nokia, protegem o resultado de suas inovações por meio da patente. Cada celular pode ter dentro dele centenas de tecnologias. Ou seja, cada detalhe pode ter uma patente”.

Lançamento do Iped

Fornecedores da Apple apontam para iPad dotado de câmera

Modelo reformulado teria câmeras frontal e traseira.
Também seria mais esguio, leve e teria tela com resolução melhor.

Da Reuters

iPad foi lançado no Brasil no início de dezembro.iPad foi lançado no Brasil no início de dezembro.
(Foto: Daigo Oliva/G1)

Fabricantes de componentes para o Apple iPad estão se preparando para uma nova rodada de produção no primeiro trimestre, revelaram fontes na sexta-feira (10), e um deles informou que o produto será uma versão reformulada do popular computador tablet, oferecendo câmera frontal e traseira.

O iPad conquistou o mundo ao ser lançado, em janeiro, atraindo milhões de fãs e oferecendo um estímulo muito necessário ao setor mundial de tecnologia, que continua a enfrentar demanda incerta.

A Wintek, fabricante de chips para telas de toque, a fabricante de baterias Simplo Technology e a AVY Precision, uma empresa de capital fechado que produz tampas para aparelhos eletrônicos, estão entre os fornecedores para o próximo lote de iPads, informaram quatro pessoas conhecedoras da situação.

Duas delas se limitaram a confirmar que estavam se preparando para uma nova rodada de produção no primeiro trimestre, com os mesmos componentes fornecidos anteriormente ao iPad original, enquanto as outras duas disseram que os preparativos envolviam um novo iPad.

Uma delas informou que o modelo reformulado teria câmeras frontal e traseira, e a outra disse que o novo modelo seria mais esguio, leve e teria uma tela com resolução melhor.

Os fabricantes de módulos de câmera Genius Electronic Optical e Largan Precision também estão iniciando novos acordos de fornecimento com a Apple, disseram duas fontes, mas nenhuma delas confirmou a que produto os módulos seriam direcionados.

‘Investir em ações relacionadas à Apple será um tema importante durante a maior parte do ano que vem’, disse Bevan Yeh, gerente de fundos na Prudential Securities Investment Trust, que administra cerca de sete bilhões de dólares de Taiwan (230 milhões de dólares) em capital de investimento e detém ações em fabricantes de componentes.

‘A Apple continua a ser o principal propulsor para a maioria dos produtos de tecnologia, e isso ajudará a elevar as receitas de seus fornecedores ainda mais, em 2011,’ disse.